terça-feira, 11 de outubro de 2011

RESENHA CRÍTICA DO FILME AS PONTE DE MADISON PRO CLAUDETE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA – UNEB
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS – DCHIII
JUAZEIRO/CASA NOVA
CURSO/SEMESTRE: LICENCIATURA EM LETRAS – 2011.3
DISCIPLINA: TEORIA DA LITERATURA II
Prof.ª: CLAUDETE MARIA GALVÃO DE LIMA
ALUNA: IVETE BRAGA FERREIRA



Resenha


AS PONTES DE MADISON

Uma paixão que surge de um inesperado romance

As pontes de Madison é’ uma história muito real, filme adulto para pessoas adultas, que fala de um amor impossível, de maneira sincera. É uma linda história de amor, rica em detalhes, que emociona, mas principalmente faz as pessoas pensarem sobre suas vidas.
O filme tem na direção Clint Eastwood nos EUA, 1995, hoje um dos nomes mais importantes no cinema mundial. O brilho da história simples é realçado apenas pela profundíssima sensibilidade do diretor Clint, baseado no romance de Robert James Waller, pela música que se ouve ao fundo no rádio, sempre perfeita para cada momento, tendo ainda a interpretação marcante de Meryl Streep. Tem duração de uma1h35 minutos. O gênero é drama e romance.
O filme As pontes de Madison mostra como o amor de mãe e o respeito por um casamento leva a mulher a se sacrificar mesmo sofrendo pela vida inteira. Gostei também de ver como o amor verdadeiro é eterno e independente da presença da pessoa amada.
É uma história que muitas vezes se vive na vida real, mas que infelizmente quando conhecemos o amor verdadeiro já temos a nossa vida construída ao lado de outra pessoa e no medo, o preconceito são mais fortes para nos deixarem libertos dessas correntes que a sociedade nos impõe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário